top of page
anuncio transporte privado 980 x 145.png

Mátria: uma experiência de paz e encontro com a natureza

Com 30 jardins, trata-se do maior parque de flores das Américas, localizado em São Francisco de Paula/RS

 
FOTO: Igor Mallmann/Serra Cult

Igor Mallmann

 

A sensação de paz é provavelmente a impressão mais imediata ao se chegar no Mátria Parque de Flores, em São Francisco de Paula/RS. Antes mesmo de se poder contemplar os 30 jardins do parque, a quietude do ambiente e a recepção amistosa dos funcionários já transmitem tranquilidade.


Ao passar pela bilheteria e pela catraca de entrada, o visitante recebe um mapa para se localizar na ampla área do Mátria. Então, é possível organizar o passeio da forma que se desejar, escolhendo os pontos que se quer ver primeiro. O parque é grande e, em nossa opinião, uma visita de qualidade pode levar três horas ou mais, se você quiser usufruir de todos os espaços, especialmente levando em conta que as paisagens são super fotogênicas e há atividades tais como passeio de barco pelo lago central do parque.


FOTO: Igor Mallmann/Serra Cult

Optamos por um passeio a pé, sem pressa, registrando os canteiros de flores em imagens e lendo as indicações em placas espalhadas pelo parque. Também é possível utilizar carrinhos para facilitar a locomoção, se você quiser ou precisar. Mesmo tendo visitado o parque no alto do inverno (fim de julho/2023), os jardins exibem cores variadas. A típica brisa dos campos de cima da Serra sopra de forma constante, provocando um suave balanço na vegetação. A paisagem é idílica, trazendo um contraste entre florações novas e as que estão findando.


Além de contemplar o desenvolvimento de diferentes flores e árvores, o Mátria também abriga espécies da fauna da região. Um exemplo é o preá. Ao longo de nossa visita, por dois momentos pude ver grupos desse pequeno roedor saindo dos arbustos – principalmente quando a tarde ensolarada começou a dar lugar a uma noite enluarada, ao fim do passeio. Outra atração é o hotel dos insetos, composto de estruturas que servem de recanto seguro para esses animais.


Existe, ainda, um monumento dedicado à borboleta. A história por trás dessa homenagem remonta ao período em que a família proprietária do Mátria visitava a área para definir a sua compra com a finalidade de instalar o parque: uma nuvem de borboletas brancas teria surpreendido e encantado o grupo.


O parque também oferece opções gastronômicas, como o Restobar, localizado às margens do lago. Além dos pratos e bebidas, o local serve de ponto de encontro e descontração para famílias e amigos, especialmente no sunset.


O Mátria Parque está localizado na RS-235, quilômetro 68, e abre diariamente, incluindo fins de semana, das 10h às 18h. Você pode conferir as diferentes modalidades e valores de ingresso aqui no site do parque. Assista, também, ao vídeo especial que o Serra Cult produziu sobre o Mátria em nossa visita, com imagens de tirar o fôlego.


Confira alguns registros que fizemos no Mátria nesta galeria de fotografias:

Créditos: Igor Mallmann e Maria do Carmo Falchi/SerraCult

bottom of page